Pular para o conteúdo principal

MATÉRIA DA REGIÃO SERRANA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO.

REPÓRTER. RUBENN DEAN 
MAT.ABR.2014/0143
DRT.33.689-1RJ

Série Destaques do Ano: Ações do Estado na Região Serrana recuperam áreas atingidas pelas chuvas e reduzem riscos de desastres

Em 2013, o Governo do Estado atuou com ações de prevenção e reconstrução na Região Serrana. Enquanto a Secretaria de Obras concentrou as intervenções para recuperar áreas atingidas pelas chuvas, a Secretaria de Defesa Civil promoveu operações para reduzir os riscos de desastres.

Nas cidades mais atingidas, como Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis, foram realizadas, entre 2012 e 2013, um total de 49 grandes intervenções de contenção de encostas. Outras dez ações deste tipo devem ser concluídas no primeiro semestre de 2014 no município de Petrópolis. Além disso, mais sete intervenções nas cidades de Nova Friburgo e Teresópolis têm previsão de conclusão para maio de 2014.


A Secretaria de Obras também entregará cerca de 4 mil unidades habitacionais até o fim deste ano, beneficiando milhares de pessoas da Região Serrana. O investimento total nas moradias é de R$ 527 milhões.

Com o propósito de prevenir possíveis danos provocados pelas chuvas, a Secretaria de Defesa Civil implantou, em 2013, um projeto inédito no país. Presentes em 42 localidades da Região Serrana, as Unidades de Proteção Comunitária (UPCs) – módulos operacionais de 30 metros quadrados equipados com computadores e telefones interligados ao Centro Estadual de Administração de Desastres da Defesa Civil – já beneficiam cerca de 50 comunidades dos municípios de Petrópolis, Teresópolis, Nova Friburgo e Bom Jardim.

Série Destaques do Ano: Investimentos na Serra ultrapassam R$ 2,6 bilhões
Intervenções incluem contenção de encostas, dragagem de rios e construção de pontes e moradias
 Em 2013, a Secretaria de Obras esteve à frente de grandes intervenções de infraestrutura e reforma para atender às vítimas das chuvas que ocorreram nos últimos anos na Região Serrana. As obras, que totalizam investimentos de mais de R$ 2,6 bilhões, prosseguiram com força total em várias cidades nas áreas de contenção de encostas, obras de dragagem de rios e construção de moradias e pontes.

O número de unidades habitacionais concluídas e disponibilizadas às famílias vítimas das fortes chuvas foi significativo. Em Nova Friburgo 966 moradias, entre apartamentos e casas, foram inauguradas. Obras em etapa avançada em Petrópolis e São José do Vale do Rio Preto também vão beneficiar cerca de 60 famílias; a entrega das moradias está prevista para o primeiro trimestre de 2014.

“O Governo do Estado está presente nas cidades atingidas pelas chuvas desde os primeiros momentos do desastre. Em parceria com o governo federal, estamos fazendo grandes investimentos, principalmente na construção de moradias dignas, na reconstrução e prevenção de episódios como aqueles ocorridos em 2011”, afirmou o secretário de Obras, Hudson Braga.

Sessenta pontes já foram inauguradas

Seis pontes também foram concluídas no ano de 2013 pela Secretaria de Obras. No total, 60 estruturas foram entregues pelas secretarias de Obras e de Agricultura até agora. A secretaria e o DER (Departamento de Estradas de Rodagem), que vai erguer outras 26, têm investido recursos no valor de R$ 85,5 milhões na construção de pontes.

O Inea (Instituto Estadual do Ambiente) também realiza obras nos principais rios e canais, especialmente nas cidades de Nova Friburgo, Teresópolis e Petrópolis, que foram muito afetadas pelas enchentes. Em Nova Friburgo, estão sendo aplicados R$ 261,4 milhões em obras.
Já em Teresópolis, as intervenções estão orçadas em R$ 180 milhões. No município de Petrópolis também estão em andamento serviços no valor de R$ 75,8 milhões.

jornalista. rubenn dean
tel.021.9337.4123
email.
rubenndeanrj@gmail.com
facebook.
eddie rubenn dean murphy
twitter@rubenndeanpaulalw

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Estudo do Ministério do Turismo mostra que aumenta o número de viajantes solitários e o desejo de se hospedar na casa de amigos e parentes

REPÓRTER. RUBENN DEAN PAUL ALWSMATÉRIA DE HOJE.MAT.ABR.2014/0143DRT.33.689-1RJJovens querem viajar sozinhos, revela pesquisaEstudo do Ministério do Turismo mostra que aumenta o número de viajantes solitários e o desejo de se hospedar na casa de amigos e parentes

Os brasileiros estão mais empenhados em viajar sozinhos. É o que mostra uma pesquisa do Ministério do Turismo que mede a intenção de viagem do brasileiro pelos próximos seis meses. O percentual atingiu 17,7% dos brasileiros que pretendem viajar. Em fevereiro do ano passado, esse valor era de 13,1%.
O aumento ocorre em todas as faixas etárias, sendo mais acentuado entre os turistas de até 35 anos, grupo que registrou alta de dez pontos percentuais. A pesquisa não revela as razões pelas quais a turma dos viajantes solitários ganha cada vez mais adeptos, mas a independência financeira das mulheres é uma das razões apontadas por especialistas.
Também chamou a atenção o fato de os turistas jovens aderirem cada vez mais a hospedagens n…

RADIO MUSICAL PETROPOLIS RJ 91.1 FM .... JORNAL DIARIO DE PETROPOLIS RJ LTDA ... JORNALISTA/APRESENTADOR/LOCUTOR/REPORTE...RUBENN DEAN PAUL ALWS

Governo busca evitar combinação de preços para Copa do Mundo 2014
O sigilo dos preços para as obras da Copa do Mundo Fifa 2014 tem por objetivo evitar a combinação de preços e assegurar que os empreendimentos tenham o menor custo possível. A informação foi dada pela presidenta Dilma Roussef, nesta sexta-feira (17/6), em Ribeirão Preto (SP), após cerimônia de lançamento do Plano Agrícola e Pecuário 2011/2012. A presidenta Dilma afirmou que os critérios foram estabelecidos em acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU). Na entrevista, Dilma Roussef sugeriu que os jornalistas "investiguem direitinho". A presidenta informou que as diretrizes adotadas pelo governo brasileiro seguem "as melhores práticas" de outros países. Segundo ela, se determinada empreiteira for para o leilão sabendo, por exemplo, o preço mínimo fixado para determinada obra poderá colocar um lance mais …

MATERIA DO JORNAL EXTRA SOBRE OS ONIBUS E LINHAS DO RIO DE JANEIRO

Nova frota de ônibus do Rio será apresentada no dia 22Novo ônibus do Rio está sendo produzido pela empresa Neobus Foto: DivulgaçãoCíntia Papa Tamanho do textoAAA Senhores passageiros! Acomodem-se em seus lugares porque vai começar a viagem a bordo dos cem ônibus da nova frota do Rio. No Dia Mundial sem Carro, em 22 de setembro, os motoristas terão um motivo a mais para deixar o automóvel em casa e optar pelo transporte coletivo. Nessa data, a prefeitura vai apresentar aos cariocas os novos coletivos que serão usados no Sistema Bus Rapid System (BRS) — corredores rápidos para ônibus. E o EXTRA revela, com exclusividade, como serão os novos modelos.
Parte da nova frota começa a circular este mês, nas pistas exclusivas de Ipanema, Leblon e Copacabana, os primeiros BRSs inaugurados na cidade.
O secretário municipal de Transportes, Alexandre Sansão, afirmou que a nova frota trará inúmeros benefícios aos usuários, sobretudo para os idosos e os portadores de necessidades especiais: